17.9.12

balança

 Tentamos sempre fazer com que as coisas nos façam bem. Mas nem sempre acontece isso. Não é por falta de vontade, não é por falta de empenho, simplesmente não corre bem. Acho que o pior que pode acontecer é quando o que achamos que está bem nos faz mal, e quando o que achamos que está mal nos faz verdadeiramente bem. Odeio quando estas coisas acontecem, e não devo ser a única…mas bem, as coisas também têm lados positivos e negativos.
Descobri que os muitos desequilíbrios das nossas vidas individuais dão origem ao equilíbrio geral do mundo. O que quero dizer é que por muito que ache que uma coisa é injusta, basta olhar a questão genericamente para ver como, de certa forma, tudo se adapta(...) Vida e morte, macho e fêmea, bom e mau, bonito e feio, vitoria e derrota, amor e ódio. Perdido e achado.”(Cecelia Ahern)

4 comentários:

lu de lúcia disse...

é verdade. os desequilíbrios da vida levam nos a seguir vários caminhos, objectivos, o que for, comparativamente ao que a senhora da frase disse. quanto ao que disseste também não gosto muito, pior ainda quando fazemos algo pensando que é bom e é mau. mas sabe bem, quando está na expectativa de mau e sai bom!

Joana disse...

gostei da tua reflexão!

Ana Guerreiro disse...

Obrigada querida :D

adoro o post!

Gabriela. disse...

não te sintas querida, não vale a pena..