23.12.12

 “Descobri que os muitos desequilíbrios das nossas vidas individuais dão origem ao equilíbrio geral do mundo. O que quero dizer é que por muito que ache que uma coisa é injusta, basta olhar a questão genericamente para ver como, de certa forma, tudo se adapta(...) Vida e morte, macho e fêmea, bom e mau, bonito e feio, vitoria e derrota, amor e ódio. Perdido e achado.”(Cecelia Ahern)

5 comentários:

V disse...

Ai adorei! É bem verdade, no fim de contas tudo faz sentido e tudo é tão justo. *

Margarida vermelha disse...

Isto tem um bocadinho de Princípio de Le Chautêlieu e entropia de um sistema...
Lovely *.*

mariana disse...

isto está tão certo como o tempo :)

Joana disse...

bem verdade. gostei muito!

Mélanie Mulkens disse...

segui :) feliz natal!