19.12.12

umas vão e outras vêm

É tão estranho que a pessoa que te faz chorar, agarrada à almofada, tenha tanto (tanto) valor na tua vida. É tão estranho o coração querer e a mente não. É tão estranho alguém de quem gostaste tanto, com quem planeaste e fizeste juras, imaginaste milhares e milhares de coisas, e que por uma acto sem pensar, tenha feito com que esse sentimento, mesmo que não tenha morrido, enfraquecesse mais e mais. É tão estanho apercebermo-nos que tudo não passou de promessas que não foram cumpridas, que na primeira oportunidade já outra substituiu o teu lugar no seu coração. Mas é a vida! Umas vão e outras vêm. Seria totalmente hipócrita esconder este sentimento que me queima por dentro, mas o orgulho está ferido e talvez pode ser que nunca fique curado.

11 comentários:

mariana disse...

é estranho e desconfortável perder o amor, mas ele volta. Ele acaba por voltar para ti, e com ainda mais força :)

joana ; disse...

se tiver de curar vai curar querida, é tudo uma questão de tempo!

Joana disse...

é verdade umas coisas vão e outras tantas que vêm. mas é assim a vida. custa mas superamos

mai disse...

Sabes, por vezes a vida é muito injusta e nós temos de nos habituar a isso. Mas também existem motivos que nos fazem levantar a cabeça e é esses que nos temos de focar.

Obrigada querida <3

Ricardo Miñana disse...

Me gustan tus reflexiones,
buen fin de semana
y ¡¡Feliz Navidad!!.
un abrazo.

mai disse...

A vida é assim princesa, também já perdi amigos e sei o que custa :s Força*

Aurora disse...

Adoro-a também, princesa

Aurora disse...

É mesmo, querida <3

Maff. disse...

também foste "trolada"? ahaha

vera sofia. disse...

lutarei, e força tu! :)

Maff. disse...

temos sempre aquela curiosidade!