6.9.12

Saudade


Quando é que te vou deixar de tratar como a saudade que me aperta no coração, tratando-te como a recordação que me permanece na mente? Não posso dizer que estou sozinha, porque aquele vazio frio que percorre o meu corpo durante a noite não deixa que isso aconteça.

4 comentários:

Pipo Santos disse...

Gostei muito! *

Joana disse...

a saudade é mesmo sufocante às vezes

Daniela Castro disse...

amei*
Sigo o teu blog :) , visita o meu e dá a tua opinião: http://castrodanniela.blogspot.pt/

Parede Escrita disse...

A saudade é assim mesmo :)